RAPÊ – Etapa 9 – Piso dos quartos

6 05 2008

Para substituir o carpete de tecido que antes havia nos 2 quartos, foi escolhido um piso do tipo “carpete de madeira”, da marca Interlínea, linha Eco, na nova cor carvalho sevilha.

O piso possui tom rústico, e sua colocação foi feita em cerca de 3 horas (aprox. 20m2). Foi colocado sob uma manta, e este sistema não vai cola como na maioria dos carpetes de madeira. Tal sistema é chamado de “sistema click”.

Adquirido no sábadado dia 26 de abril, foi colocado no sábado dia 3 de maio, ao custo de cerca de R$ 55 o m2, com um pequeno acréscimo por conta da opção pelo rodapé branco de 12cm de altura.

Abaixo nas fotos pode ser conferido o antes

E O DEPOIS:

Fotos do escritório:

 

Fotos do quarto do casal:




RAPÊ – Etapa 8 – Pintura e acabamento (final)

6 05 2008

Pois é, a etapa 8 da RAPÊ chegou ao fim. O apê está pintado, porém ainda bagunçado.

O fato da ainda existir a etapa 9, que é a colocação do assoalho de madeira nos dois quartos, fez com que todos os objetos, móveis e utensílios que antes estavam nos quartos, fossem levados para a sala.

Assim, o carpete dos quartos pôde ser arrancado, ficando assim apenas no contra-piso.

Para ilustrar como ficou o apartamento após a pintura, eis algumas fotos:

Todas as portas, batentes, guarnições e rodapés foram pintados de branco. Uma mistura de tom acetinado e alto-brilho, o que proporcionou uma textura macia, muito homogênea, e que lembra muito a laca.O quadro de luz também foi pintado com a mesma tinta.

As fechaduras e maçanetas são Pado, todas no mesmo modelo, prata fosco. O contraste ficou excelente.

Detalhe para o rodapé, os sokalos, e a porta camarão com 5 vidrinhos jateados.O branco das madeiras e dos espelhinhos de luz constratou muito bem com a cor gelo acetinado, usada nas paredes.
A sala de jantar ficou com esta parede na cor vermelha.O controle de iluminação é o seguinte: 2 interruptores independentes onde, um deles acende as 3 lâmpadas centrais, que são do tipo PAR 20 dimerizadas, e o outro interruptor acende as outras 5 laterais, que são do tipo mini-dicróicas 35W não dimerizadas. 
Detalhe para a iluminação da sala de TV: 4 lampadas do tipo PAR 20 50W não dimerizadas, com controle independente.O “buraco” à direita que pode ser visto, é para colocação da caixa de som do tipo arandela, da Selenium.
As duas lâmpadas à direita são do tipo mini-dicróicas, também com controle separado, e não dimerizadas. Ficarão em cima do local onde ficará a TV.
Nesta foto é possivel ver melhor a sala de TV e o corredor de entrada ao fundo.No corredor, um interruptor paralelo próximo à porta da cozinha, e na entrada da sala, acionam 3 lâmpadas do tipo mini-dicróica de 35w.

Na sala de TV, as 3 lâmpadas do lado esquedo são do tipo mini-dicróicas dimerizadas.

No quarto foi feita uma parede pintada de verde, na posição da cabeceira da cama.Foram instalados 2 pendentes, com controles individuais um de cada lado, dimerizados.

Detalhe para as caixas de som ambiente, que são interligadas com as da sala, mas que podem ser controladas pela TV do também quando for necessário.

No espelho da esquerda há 2 interruptores sendo: 1 controle para a iluminação central do quarto, que são 2 lâmpadas PAR 20 de 50w e 2 lâmpadas do tipo AR 70 também de 50w (4 lâmpadas no total). Outro interruptor dimmer para o pendente da esquerda.No espelho da direita, também há o dimmer para o pendente da direita, além de um interruptor para acionar 3 lâmpadas do tipo mini-dicróica não dimerizado direcionado para o guarda-roupas.
Detalhe para a iluminação do guarda-roupas.
Teto do banheiro pintado, com plafon e arandela instalados.




Acabamento para portas, janelas e cantos

9 04 2008

Talvez meus leitores não tenham visitado o site da JSA Madeiras que eu indiquei em um dos meus pots.

Então eu achei mais legal ir direto ao assunto e disponibilizar aqui uma das linhas de produtos, nomenclatura, e utilização das partes que eles são especialistas e comercializam em sua loja na Rua Paes Leme, em Pinheiros.

A imagem abaixo foi retirada do site, que é em flash e muito legal para navegar, pois ao passar o mouse nos elementos da foto, o site cria uns efeitos do tipo high-light que deixa a navegação mais intuitiva e prazerosa.

No caso da reforma que está sendo realizada (RAPÊ), foram utilizadas guarnições, rodapés e sócolos.

Uma observação que eu faço é que no item 8, moldura de porta refere-se àqueles filetes que são pregados na porta lisa para dar um acabamento diferenciado. Alguns acabamentos de portas são mais robustos, como relevos e rebaixos. E neste caso, o nome comumente dado para isso no mercado é “almofada”.

O sita da JSA Madeiras para quem não pegou é: www.jsamadeiras.com.br





RAPÊ – Etapas 6 e 7 – Madeiramento

9 04 2008

Nas etapas 6 e 7 estava prevista a troca de todas as portas, guarnições, e colocação de rodapé na área da sala e corredores. Nos quartos não serão colocados os mesmos rodapés, pois a previsão é que seja assentado piso de madeira do tipo assoalho, que já acompanha um rodapé específico para a quele tipo de piso.

Então tais etapas foram realizadas de forma bem rápida, ou seja, pesquisa e compra dos materiais, e contratação da mão de obra que em um único dia fez todo o serviço.

Como a etapa 8 (pintura) já iniciou na quarta-feira passada, dia 2 de abril, foi necessário encaixar em um dos dias seguintes o dia necessário para a realização destas duas etapas.

Então o cronograma seguido foi:

Sexta, 28 de março: compra dos rodapés de MDF na Rua Paes Leme, em Pinheiros.
Assim como na Rua do Gasômetro, a Paes Leme, que fica na região do Largo da Batata em Pinheiros, é também um ponto de referência para comércio de ferragens e madeira. Foi lá que foi encontrado o melhor custo/benefício para o rodapé de MDF que foi adquirido, de 15cm de altura. Também foram adquiridos sócolos (sócolo é um acabento dado entre o rodapé e a guarnição). O gasto com 22m linear de rodapé e sócolo foi de R$ 370. A loja escolhida foi a JSA Ferragens. Procurem pelo Emerson, e ele terá o enorme prazer em atende-los: www.jsamadeiras.com.br (acessem e conheçam as partes que compõem uma moldura de portas, janelas, guarnições e rodapés).

Sábado, 29 de março: compra das portas na Rua do Gasômetro.
Uma dica importante sobre as portas é que existem portas sólidas (maciças) e portas ocas (sarrafiadas). As portas ocas também são chamadas de encabeçadas, por possuir uma ripa mais larga nas laterais, o que dá sustentação e mais firmeza na porta na hora de assentá-la. Outra dica é sobre os tamanhos, que geralmente são padrão de 62, 72 e 82 centímetros. Uma coisa importante para saber e tomar cuidado é que, no gasômetro a concorrência é grande. Então vale muito a pena você ir para lá com tempo e calma, para poder analisar cuidadosamente cada proposta, cada material que lhe está sendo oferecido, para que assim você não compre “gato por lebre”. Gastos totais com as folhas de portas e guarnições: R$ 700,00, na Aeroportas.

Sábado, 5 de abril: compra das ferragens (dobradiças e fechaduras) na Telhanorte.
O modelo escolhido para todas as portas foi o Van Gogh, da Pado (http://www.pado.com.br:1936/website/detalhes-produtos.jsp?cat=4&sub=14&pro=1). Para as portas internas o modelo é aquele sepadado (um acabamento redondinho para a fechadura, e outro para a maçaneta). Já para a porta de entrada, para dar maior robustêz, o modelo é o com espelho. As dobradiças são da Papaiz. O gasto deste material foi de R$ 370, na Telhanorte de Guarulhos (Dutra). Procurem lá pelo vendedor Valdinei, ou pelo gerente Cícero.

Segunda, 7 de abril: assentamento e troca do madeiramento.
Antes do profissional comparecer em casa para realização do serviço, todas as portas, componentes das fechaduras, dobradiças, e guarnições antigas foram retiradas e o local foi liberado para os novos materiais. Em apenas um único dia o grande Deusdete (carpinteiro experiente e especialista na troca de portas, telhados e rodapés) assentou tudo com uma perfeição incrível. Foram 3 portas internas, 1 porta camarão, 22m de rodapé mais 10 sócolos, 6 jogos de guarnições, mais a porta de entrada. Os rodapés foram assentados com cola especial e pregos de aço. Mas também podem ser assentados com bucha e parafuso. O custo da mão de obra total foi de R$ 320. Quem estiver precisando de serviço de carpintaria, entre em contato que eu passo os dados do Deusdete, que está de parabéns.

Abaixo podem ser conferidas as fotos esta etapa, o que na visão geral do imóvel já deu uma melhorada e tanto no aspecto.

FOTOS do ANTES e da PREPARAÇÃO


FOTOS do RESULTADO FINAL – PORTAS

FOTOS do RESULTADO FINAL – RODAPÉ e SÓCOLO


As madeiras serão pintadas de branco, então daqui para frente o apartamento está entregue ao Luizão, o pintor.








Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 25 outros seguidores