Que tal comer com a caneta?

23 10 2008

Era só o que faltava! Imagina, entre umas frases escritas e outras, uma garfada! Só deve-se tomar cuidado pra não voar dejetos no papel.

Agora só falta inventarem uma capa de controle-remoto com os talheres acoplados. Aí fecha… pra trabalhar e assistir televisão comendo, só faltava isso!

name of design : din-ink
design by : andrea cingoli + paolo emilio bellisario + cristian cellini + francesca fontana from italy

designer’s own words:
Turn your favourite office tool from your desk in a common cutlery…this is din-ink. A set of pen caps, including a fork-cap, a knife-cap and a spoon-cap, that replaces the normal pen cap during lunch time! All caps are made by annually renewable resources, like natural starch and fibres, to be 100% biodegradable and atoxic, warranting the best alimentary use. Dispensing each set in a compostable packaging the whole set is designed to respect the environment. Now give your office ballpoint pen a good excuse to be gnawed by your teeth: use them for din-ink.





Luz e som, é pra já!

25 09 2008

Buenas!

Primeiramente peço desculpas aos meus leitores pelo tempo que fiquei ausente, sem postar nada… estou Arquitentando um empreendimento pessoal, montando uma empresa do zero, o que está sendo muito desafiador, e consequentemente, totalmente tomador do meu tempo… mas voltei!

E no espírito “coisas legais”, encontrei essa luminária de parede (ou poste) que vem com som junto, não é fantástica?

A luminária Oluce Ibiza de Francesco Rota mistura luz e som com muito design. Alto-falantes embutidos nas peças, dão um visual modernoso e ainda garantem qualidade sonora em qualquer ambiente. Ela pode ser usada em interiores e exteriores, permitindo inúmeras formas de decoração.

Tanto estilo tem preço. E não é pouco. Dependendo do tamanho (P, M e G), cada peça custa entre 414 e 460 libras.





Aproveite e VOTE! VOTE! VOTE!

20 08 2008

Aproveitando o assunto “Mostre sua casa“, acessem as fotos da RAPÊ no site Casa.com.br e dêem sua nota, façam seus comentários.

Sala de jantar:
http://casa.abril.com.br/decorar/mostresuacasa/exibir.php?id=4564

Sala de TV:
http://casa.abril.com.br/decorar/mostresuacasa/exibir.php?id=4563

Obrigado pessoal.





RAPÊ: não sou eu quem está dizendo…

20 08 2008

Há uma seção no site Casa.com.br site chamada “Mostre sua casa” onde os usuários do site se cadastram e postam fotos de ambientes decorados de vossos lares. E como resultado da RAPÊ, resolvi postar as fotos das duas salas do apê: TV e jantar.

No “Mostre sua casa”, o usuário pode dar uma nota de 0 a 10 em cada foto, através de um sistema de navegação de fotos. Além disso, é permitido comentar foto por foto. E o pessoal lá manda ver, não poupa nas críticas, mas sempre rolam dicas legais além de vários elogios, claro.

Mas o curioso foi que hoje eu recebi um email do site Casa.com.br. Na verdade um comunicado, muito legal por sinal.

Nele dizia que a foto sala de jantar do apê foi escolhida dentre todas do site, para participar de uma matéria e ser comentada por uma arquiteta de renome chamada Jóia Bérgamo. Me entusiasmei e fui conferir.

Para a matéria, foram escolhidas 20 fotos. Em seu comentários, individualmente por foto, Jóia procura passar aos leitores valiosas dicas e sugere pequenas mudanças, com o provável intuito adequar cada ambiente às tendências atuais.

Parabéns pela escolha de tons. Está calmo e suave, muito agradável. Coloque dois xales com pouco pano nas janelas, bem retos, como duas tiras em tons prata envelhecida ou fendi. Aumente a moldura do quadro, coloque também no tom prata velha. Parabéns.

O comentário dado por ela para a foto da RAPÊ foi muito lisonjeiro, afinal de contas, foram poucos os parabéns.

Confira neste link o caminho para a matéria completa:
http://casa.abril.com.br/materias/salas/mt_295806.shtml?id=img7





Dicas de iluminação para seu quarto

13 08 2008
Por: Inês Godinho e Gui Marchezi Odri

O quarto está lindo, recém-decorado, mas não dá vontade de ficar nele? Esta situação é mais comum do que parece porque muita gente esquece que o ambiente mais íntimo da casa não pode ter a mesma solução de luz da sala, por exemplo. Quartos são locais para descansar, sonhar e amar. Criar uma atmosfera relaxada, cálida e luminosa depende mais de seguir algumas regras básicas do que investir em peças caras e soluções mirabolantes.   

Veja o primeiro cuidado apontado pela designer de iluminação, Luciana Constantin, da consultoria de iluminação Acenda. Ela recomenda avaliar quais são as limitações do ambiente antes de tomar providências. Questões como a altura do pé-direito, o tipo de forro (gesso, laje, madeira, inclinado…), a infra-estrutura de elétrica prevista, as cores e texturas dos materiais de acabamento precisam ser avaliadas em conjunto. Em seguida, se define o perfil de quem vai ocupar aquele espaço e quais são seus hábitos – namorar, ler, ver televisão, trocar de roupa e até trabalhar.   

Confira as situações que se adaptam a sua necessidade:

• A  iluminação geral do quarto deve ser indireta, embutida ou de sobrepor, obtida com o uso de sancas ‘invertidas’, pendentes, arandelas, luminárias de piso (chamadas de tocheiros). Eles direcionam o foco para teto e paredes e, por reflexão, iluminam o quarto com uma luz suave e difusa.

• A luz indireta também é a mais apropriada para se obter uma iluminação uniforme, pois se ajusta às diversas atividades.

• Evite no quarto a luz direta; mal-posicionada, pode causar um ofuscamento indesejado.

• Para evitar brigas de casal por causa das diferenças de hábitos, saiba que há luminárias laterais com foco direcionado perfeitas para quem gosta de ler na cama.

• Luz fluorescente branca não combina com o clima cálido que um quarto precisa ter; prefira as amarelas.

• O mesmo vale para cúpulas; as melhores são em tecido de cor clara, combinando com algum elemento da decoração, ou totalmente neutra como as de tom areia.

• Cuidado com a emissão de calor das fontes de luz utilizadas em abajures e luminárias de leitura para as cabeceiras.

• Com os quartos pequenos de hoje, ganhe espaço na mesinha de cabeceira instalando luminárias presas na parede.

• As áreas de estudo e trabalho precisam de uma luz complementar, com focos mais direcionados.

• Diferentes atividades no quarto recomendam o uso de dimmer, mecanismo que permite ao usuário o controle manual da intensidade da luz.

• Assuma o comando da luz do seu quarto. Para ligar abajures e luminárias de piso, instale tomadas comandadas, que são acionadas pelos interruptores localizados na entrada do quarto e nas cabeceiras. Isso possibilita a diminuição dos pontos de luz no teto e a integração das peças decorativas ao longo do dia, não só na hora de dormir.

• Se há espaço para uma poltrona de leitura, posicione perto de uma janela para aproveitar ao máximo a luz natural. E providencie uma boa fonte luz artificial, com foco pontual.

• Truque da ampliação de espaço e luz – aproveita a mágica do espelho e instale-o de forma a duplicar a sensação de luminosidade.

Adequação
Nem sempre a luz branca é incompatível com o quarto. A região do país onde você mora (e o clima) tem grande importância. Como lembra Luciana Constantin, “na escolha da tonalidade da luz, amarelada ou branca, quem mora nas regiões Sul e Sudeste deve preferir as lâmpadas amareladas, pois deixam os ambientes aconchegantes e proporcionam a sensação de que estão mais aquecidos. Já nas regiões Norte e Nordeste, onde o calor é intenso na maior parte o ano, as lâmpadas brancas, também chamadas de ‘frias’, passam uma idéia de refrescamento e amenizam o calor.”

Fonte: http://casa.ig.com.br/noticia/2008/08/11/deixe_seu_quarto_mais_aconchegante_1500278.html




Decoração geek: fashionerd?

12 08 2008

Que tal um puf em formato de tecla de teclado de computador? Ou então um porta-copo que imita disquete? E uma tábua de cortar alimentos do famoso jogo Space Invaders?

Decoração geek parece que realmente caiu na graça do povo. São inúmeros os objetos para casa que levam o carregam o estilo nerd de ser. Pois é… a impressão hoje é que é fashion ser nerd!

Clique para ampliar...></a></p> <p><a href=

Clique para ampliar...></a></p> <p><a href=

Os pufs acima podem ser adquiros apenas fora do Brasil, nos sites Duende (Japão) e GreatBigStuff (EUA).

Clique para ampliar...></a></p> <p><a href=

Clique para ampliar...></a></p> <p><a href=

Os porta-copos descolados podem ser adquiridos também via internet, no site SuperMandolini.

Clique para ampliar...></a></p> <p><a href=

Clique para ampliar...></a></p> <p><a href=

E a tábua do Space Invaders, além de váááários outros produtos geek, podem ser comprados no site super conhecido no mundo nerd Think Geek.





Notebook rápido. Melhor, Speed!

11 08 2008

Quem curtiu o filme no cinema e é fã do desenho não pode perder essa! A Microboard lançou um modelo personalizado do notebook Ellite, com o tema do filme.

A máquina vem com uma configuração envenenada, que a deixa super Speed para os padrões do mercado. Com Windows Vista Home Premium, tras até câmera de 1.3mp embutida. O preço sugerido é de R$ 2.999 em até 12x.

Acesse o hotsite do note, que tão legal e personalizado quanto a máquina, recheado de fotos e animações, permite que se conheça mais sobre este super modelo, com indicações inclusive dos pontos de venda.

Veja a configuração do Ellite Speed Racer:

Processador: Intel Core 2 Duo T5450 1,66 Ghz
Memória: 2GB – DDR2 667MHz (expansível até 4GB)
HD: 120GB SATA
Tela: TFT Matriz Ativa 12.1″ polegadas
Drives: RW Dual Layer (Grava e lê CD e DVD)
Alimentação: 4-Cell Lithium-Ion – 50 mim em uso ou até 90 mim em Stand-By (Dependendo do Sistema Operacional e Programas Instalados)
Peso: 1,8 kg
Garantia: 12 meses