Brasileiro experimenta troca de casas

23 07 2008

O costume de “trocar de casa” com outra pessoa é mais conhecido no exterior, quando pessoas desejam passar férias, temporada ou um simples final de semana em outro lugar. E este hábito caiu no gosto de alguns brasileiros.

Uma reportagem do jornal O Estado de S.Paulo do dia 6 de julho, destacou o assunto e trouxe o exemplo do engenheiro paulistano João Afonso Alberdoni. Cadastrado num site de troca de casas há sete meses, contou de sua viagem para a cidade de Nantes, na França. Ele foi atrás de um quarto e sala simples para estudar francês na França e acabou parando em um château digno de filmes. É que começou a trocar e-mails com um empresário Francês, cadastrado no mesmo site, que precisava trabalhar em São Paulo por um curto período.

Negócio fechado. Ele foi para um castelo e o empresário veio para um apartamento na Vila Madalena.

O site americano HomeExchange, o mais conhecido sobre o assunto, conta com mais de 300 mil pessoas do mundo inteiro.

Os interessados preenchem um cadastro e pagam a inscrição que varia de R$ 100 a R$ 300 reais e podem começar a procurar um lugar que deseja conhecer ou rever, mas claro, é necessário que o usuário ofereça sua casa também, afinal é uma troca.


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: