RAPÊ: não sou eu quem está dizendo…

20 08 2008

Há uma seção no site Casa.com.br site chamada “Mostre sua casa” onde os usuários do site se cadastram e postam fotos de ambientes decorados de vossos lares. E como resultado da RAPÊ, resolvi postar as fotos das duas salas do apê: TV e jantar.

No “Mostre sua casa”, o usuário pode dar uma nota de 0 a 10 em cada foto, através de um sistema de navegação de fotos. Além disso, é permitido comentar foto por foto. E o pessoal lá manda ver, não poupa nas críticas, mas sempre rolam dicas legais além de vários elogios, claro.

Mas o curioso foi que hoje eu recebi um email do site Casa.com.br. Na verdade um comunicado, muito legal por sinal.

Nele dizia que a foto sala de jantar do apê foi escolhida dentre todas do site, para participar de uma matéria e ser comentada por uma arquiteta de renome chamada Jóia Bérgamo. Me entusiasmei e fui conferir.

Para a matéria, foram escolhidas 20 fotos. Em seu comentários, individualmente por foto, Jóia procura passar aos leitores valiosas dicas e sugere pequenas mudanças, com o provável intuito adequar cada ambiente às tendências atuais.

Parabéns pela escolha de tons. Está calmo e suave, muito agradável. Coloque dois xales com pouco pano nas janelas, bem retos, como duas tiras em tons prata envelhecida ou fendi. Aumente a moldura do quadro, coloque também no tom prata velha. Parabéns.

O comentário dado por ela para a foto da RAPÊ foi muito lisonjeiro, afinal de contas, foram poucos os parabéns.

Confira neste link o caminho para a matéria completa:
http://casa.abril.com.br/materias/salas/mt_295806.shtml?id=img7

Anúncios




RAPÊ – Etapa 9 – Piso dos quartos

6 05 2008

Para substituir o carpete de tecido que antes havia nos 2 quartos, foi escolhido um piso do tipo “carpete de madeira”, da marca Interlínea, linha Eco, na nova cor carvalho sevilha.

O piso possui tom rústico, e sua colocação foi feita em cerca de 3 horas (aprox. 20m2). Foi colocado sob uma manta, e este sistema não vai cola como na maioria dos carpetes de madeira. Tal sistema é chamado de “sistema click”.

Adquirido no sábadado dia 26 de abril, foi colocado no sábado dia 3 de maio, ao custo de cerca de R$ 55 o m2, com um pequeno acréscimo por conta da opção pelo rodapé branco de 12cm de altura.

Abaixo nas fotos pode ser conferido o antes

E O DEPOIS:

Fotos do escritório:

 

Fotos do quarto do casal:




RAPÊ – Etapa 8 – Pintura e acabamento (final)

6 05 2008

Pois é, a etapa 8 da RAPÊ chegou ao fim. O apê está pintado, porém ainda bagunçado.

O fato da ainda existir a etapa 9, que é a colocação do assoalho de madeira nos dois quartos, fez com que todos os objetos, móveis e utensílios que antes estavam nos quartos, fossem levados para a sala.

Assim, o carpete dos quartos pôde ser arrancado, ficando assim apenas no contra-piso.

Para ilustrar como ficou o apartamento após a pintura, eis algumas fotos:

Todas as portas, batentes, guarnições e rodapés foram pintados de branco. Uma mistura de tom acetinado e alto-brilho, o que proporcionou uma textura macia, muito homogênea, e que lembra muito a laca.O quadro de luz também foi pintado com a mesma tinta.

As fechaduras e maçanetas são Pado, todas no mesmo modelo, prata fosco. O contraste ficou excelente.

Detalhe para o rodapé, os sokalos, e a porta camarão com 5 vidrinhos jateados.O branco das madeiras e dos espelhinhos de luz constratou muito bem com a cor gelo acetinado, usada nas paredes.
A sala de jantar ficou com esta parede na cor vermelha.O controle de iluminação é o seguinte: 2 interruptores independentes onde, um deles acende as 3 lâmpadas centrais, que são do tipo PAR 20 dimerizadas, e o outro interruptor acende as outras 5 laterais, que são do tipo mini-dicróicas 35W não dimerizadas. 
Detalhe para a iluminação da sala de TV: 4 lampadas do tipo PAR 20 50W não dimerizadas, com controle independente.O “buraco” à direita que pode ser visto, é para colocação da caixa de som do tipo arandela, da Selenium.
As duas lâmpadas à direita são do tipo mini-dicróicas, também com controle separado, e não dimerizadas. Ficarão em cima do local onde ficará a TV.
Nesta foto é possivel ver melhor a sala de TV e o corredor de entrada ao fundo.No corredor, um interruptor paralelo próximo à porta da cozinha, e na entrada da sala, acionam 3 lâmpadas do tipo mini-dicróica de 35w.

Na sala de TV, as 3 lâmpadas do lado esquedo são do tipo mini-dicróicas dimerizadas.

No quarto foi feita uma parede pintada de verde, na posição da cabeceira da cama.Foram instalados 2 pendentes, com controles individuais um de cada lado, dimerizados.

Detalhe para as caixas de som ambiente, que são interligadas com as da sala, mas que podem ser controladas pela TV do também quando for necessário.

No espelho da esquerda há 2 interruptores sendo: 1 controle para a iluminação central do quarto, que são 2 lâmpadas PAR 20 de 50w e 2 lâmpadas do tipo AR 70 também de 50w (4 lâmpadas no total). Outro interruptor dimmer para o pendente da esquerda.No espelho da direita, também há o dimmer para o pendente da direita, além de um interruptor para acionar 3 lâmpadas do tipo mini-dicróica não dimerizado direcionado para o guarda-roupas.
Detalhe para a iluminação do guarda-roupas.
Teto do banheiro pintado, com plafon e arandela instalados.




RAPÊ – Etapa 2 – Banheiro social acabado

4 04 2008

A etapa que chamei de número 2 compreende a finalização do banheiro, ou seja, a troca de vários itens de acabamento após ter realizado a troca do piso.

Esta etapa foi um pouco demorada porque, por ter sido final de ano, a mão de obra estava um pouco escassa, com muitos pedidos na fila para os fornecedores darem conta, o que representaram prazos de entrega longos, entre outras variáveis mais “particulares” eu diria.

O que foi feito?

Troca do Box: foi colocado um box em cima do baguete de mármore, da marca Blindex, modelo Classic, por R$ 430. (Vidraçaria Maxitemper – Fone: 11-2951-9912)

Lavatório: a pia de louça foi trocada por uma cuba Deca, embutida por baixo da pedra de mármore travertino, por R$ 440. O frontão colocado é de 11cm, que deu melhor acabamento e maior robustez. Veja abaixo o projeto que foi feito para a pia:

Projeto da pia.

Gabinete: o projeto do gabinete foi feito por mim, e executado pela Marcenaria do Gil (Fone: 11-8109-8717). O desafio era cobrir a cuba sem perder espaço. Pra isso foi projetado um tipo de caixa, parecendo uma “ferradura”, que abraçou a cuba. Automaticamente, ganhou-se 2 nichos. Possui duas portas e três gavetas, sendo uma delas um gavetão. Custo do gabinete R$ 500.

Metais: todos os metais foram trocados. No lavatório, registro geral, e chuveiro, foi colocado misturadores Deca modelo Targa, e todos os outros metais seguiram o mesmo modelo. Inclusive os metais do tipo suportes, porém da marca Esteves. Uma dica: fiquem espertos na hora de trocar as torneiras, pois cada registro possui uma rosca diferente que na hora de encaixar o acabamento, pode não casar. Neste caso ou você deve trocar o miolo do registro, ou então comprar um produto que se chama “salva registro”, que é muito util! Gasto total de R$ 460,00.

Iluminação: o pedreiro subiu um pouco a caixa 4×2 que antes estava a um pouco mais de 1,60m do chão para cerca de 2,20m. Assim foi colocada uma arandela com lâmpada econômica. Um plafon seguindo o mesmo modelo foi colocado no teto. Foi colocado um espelho no lugar do “armário com espelhinho” que antes havia ali. O gasto com esta parte foi de cerca de R$ 200.

Total gasto nesta etapa: somados os valores acima, acrescidos de outras mãos de obra ou outros materiais que foram necessários comprar durante a etapa, totalizou-se cerca de R$ 2.400.
Prazo previsto: o prazo é variado, pois foram varios serviços por vários fornecedores. Esta etapa terminou na metade de fevereiro/2008.

GALERIA DE FOTOS

Banheiro pronto

Banheiro pronto

Banheiro pronto

Resumo da ópera: o legal desta etapa foi o projeto do gabinete, que modéstia a parte, ficou muito show! O pedreiro Roberto também foi muito caprichoso, ao elevar a caixa para a arandela, e também ao retirar o esgoto da pia do chão e colocá-lo na parede. O chão ficou livre. Foi uma etapa onde se gastou muito dinheiro, afinal de contas, é sabido que acabamento não custa barato. Deu muito trabalho a troca dos registros, mas no final deu tudo certo.

Para os projetos que vocês vêem aqui no blogue, eu continuo utilizando o Visio. Eu fiz o projeto do gabinete também no Visio, porém não encontrei o projeto mais recente para poder disponibiliza-lo aqui.

Quem tiver dúvidas sobre alguma atividade desta etapa, pode perguntar! A idéia é que caso queiram indicação das pessoas que trabalharam na obra, materiais utilizados, desafios encontrados, entre outras questões, possam ser respondidas.





RAPÊ – Etapa 1 – Primeiro quebra-quebra

4 04 2008

Finalmente consegui disponibilizar algumas fotos da primeira etapa da reforma, que foi a troca dos pisos da cozinha (mais área de serviço e banheiro de empregada) e do banheiro social.

A etapa resume-se em realizar a medição da área, escolha do piso, compra dos materiais, e contratação da mão de obra.

No caso, optamos por comprar pisos de cerâmica da marca Incepa, tamanho 30×30. Foram 2 modelos distintos, um para a cozinha (15 m2) e outro para o banheiro (4 m2). Para as soleiras, a pedra escolhida foi o mármore travertino.

Duração da etapa: 5 dias.
Período de realização: primeira quinzena de novembro/2007
Resumo da atividade: Troca de pisos e assentamento de soleiras nas regiões da cozinha, área de serviço, e banheiro social.
Gasto realizado: R$ 1500 sendo R$ 800 de material + R$ 700 de mão de obra.

GALERIA DE FOTOS – Banheiro Social

Banheiro Antes - Detalhe para o piso

Foto 1: Banheiro antes, com o piso antigo (retangular com ranhuras, idêntico ao piso do hall de entrada do apartamento)

Banheiro Durante - Detalhe conduite

Foto 2: Detalhe para o conduite que foi passado por debaixo do piso. Este conduíte será responsável por levar força 220V para um aquecedor elétrico de água do tipo Cardal (que ainda será adquirido) para o misturador da pia.

Banheiro Durante - Detalhe para o esgoto

Foto 3: Detalhe para o cano de esgoto da pia, que por minha inexperiência e pela falta de observação do pedreiro, ficou no chão. Ou seja, na hora de colocar o gabinete, ficaria um cano debaixo dele ligado ao chão. Correção: chamei o pedreiro Roberto, que foi lá em casa e levou o cano do esgoto do chão para a parede, rasgando a parede pelo quarto para evitar quebras no azulejo. Problema resolvido. Também, notem a caixa 4×4″ que terá alimentação para o aquecedor, feita com maquita na parede.

Banheiro Depois - piso pronto e rejuntado

Foto 4: Detalhe do piso pronto e rejuntado. Notem que foi colocado um “baguete” de mármore para assentar o box em cima, dando assim melhor acabamento e vedação.

GALERIA DE FOTOS – Cozinha e área de serviço

Cozinha Antes Área de serviço antes

Foto 1 e 2: Detalhe para o piso da cozinha e área de serviço, escuro e antiquado.

Cozinha durante

Foto 3: Piso assentado, sem rejunte e sem soleira ainda.

Cozinha depois Área de serviço depois

Foto 4 e 5: Piso e soleiras colocadas na cozinha e na área de serviço. Detalhe: o parapeito do vitrô da área de serviço também foi trocado, do piso escuro que antes havia para o modelo novo.

GALERIA DE FOTOS – Outras

Sem pedra do tanque
Com pedra do tanque

Foto 1 e 2: Foi colocada uma pedra no tanque para tampar o vão entre o tanque e a parede, por 2 motivos: evitar escorrer água e acúmulo de sujeira, e também por ser muito útil na hora de precisar apoiar alguma coisa. Custo: R$ 50 pedra + mão de obra.

Soleira entrada

Foto 3: Foto da soleira da entrada do apartamento. Notem que o piso do hall dos elevadores é o mesmo piso que havia no banheiro social (?).

Resumo da ópera: Reformar morando é complicado! Eu já comecei a perceber que não seria fácil fazer isso logo no início. Para ser mais claro, basta ver as fotos abaixo com todas as coisas espalhadas pela sala e pela casa. Por isso uma ótima dica é: se vai começar a reformar seu apartamento inteiro, começe pela cozinha e banheiro, deixe-os prontos e utilizáveis, porque o resto da casa depois servirá de depósito das suas coisas durante as etapas. Assim, estes 2 locais (cozinha e banheiro) podem estar sempre limpos, estando assim prontos para uso.

Bagunça 2
Bagunça 1