Lançado conversor HDTV a preço popular

16 07 2008

Clique para ampliar

A Proview anunciou hoje o lançamento do XPS-1000, um conversor para TV digital que contraria a tendência de preços do mercado: R$ 299. Conversores similares atualmente no mercado, de outros fabricantes, não custam menos de R$ 500.

Incorporando todas as conexões mais populares em equipamentos eletrônicos, como saída RF (conector de antena), vídeo composto, vídeo componente, saída HDMI com resolução de 1080i, sistema de áudio com saída óptica e coaxial em 5.1 canais, o XPS-1000 serve para todos os tipos de TV, do tubo ao plasma.

Um destaque legal do aparelho é a presença de uma porta USB, e de uma conexão de rede do padrão Ethernet. Assim, o XPS-1000 pode reproduzir na TV músicas e vídeos em formatos como MP3 e MP4, armazenados em pendrives.

Conectando um mouse e teclado USB no aparelho, através de um mini-navegador embutido em seu firmware, é possível navegar na internet dispensando o uso do computador desde que haja uma conexão banda-larga disponível via Ethernet.

O produto deve chegar às lojas em até 30 dias, e acompanha controle remoto e mini-antena para melhorar a recepção do sinal. A Proview também pretende lançar em breve um aparelho sem o recurso de navegação na internet pelo preço estimado de R$ 249, bem como um modelo básico a R$ 199.

Agora não tem mais desculpa para não ter TV digital de verdade na sua TV.

Anúncios




Sony XEL-1: o primeiro TV OLED do mundo

14 05 2008

Na URL a seguir gostaria de apresentar um teste que foi realizado no primeiro televisor do tipo OLED do mundo: http://revistahometheater.uol.com.br/site/tec_testes_02.php?id_lista_foto=233

Começa assim a reportagem:

“Eles foram a grande sensação da CES 2008 (Consumer Electronics Show), feira que acontece todos os anos em Las Vegas. Apesar de novos no mercado, os TVs OLED (de Organic Light-Emitting Diode/Diodo Orgânico Emissor de Luz), tornaram-se a bola da vez no segmento de telas finas, principalmente por consumirem menos energia e apresentarem poucos milímetros de espessura, deixando para trás plasmas e LCDs. A seguir, você confere o teste exclusivo do TV Sony XEL-1, de 11”, o primeiro modelo OLED vendido comercialmente no mundo, que chegou às lojas do Japão no final de 2007 e, agora, começou a ser vendido nos EUA.”

Quem quiser acompanhar o teste por completo, basta acessar:

http://revistahometheater.uol.com.br/site/tec_testes_02.php?id_lista_foto=233





TV LCD FullHD de verdade

23 04 2008

Se você está pensando em comprar uma televisão nova, tenho certeza que está se perguntando “qual modelo eu devo comprar”. Isso porque comprar uma televisão hoje em dia está tão ou mais difícil do que comprar um computador.

A maioria das dúvidas aparecem quando você começa a tentar imaginar qual a aplicação para a nova televisão, ou seja, se ela ficará no quarto ou na sala, pendurada ou não, se você montará um home-theater com utilização de várias conexões e equipamentos ou apenas para assistir seus canais de TV a cabo, se você utilizará a TV como monitor para seu PC ou para jogar video-game, e por aí vai.

Isso tudo começa a complicar quando mesmo tendo todas as respostas para as dúvidas acima, você começa a se deparar com questões um pouco mais técnicas como: LCD ou plasma, qual resolução, polegadas, conexões (HDMI, RCA, digital, USB, etc…), potência, tempo de resposta, entre outras dezenas de parâmetros que vale sim muito a pena entender e comparar com precisão e segurança.

Para responder a todas estas questões, tenho certeza que através deste link o Google irá explicar muito bem o que siginifica cada um dos parâmetros mais comuns, e que podem pesar na decisão de qual televisor comprar.

Mas uma coisa é fato: o formato HD – Hight Definition – chegou para ficar. Não só como padrão para as transmissões televisivas, onde existe o HDTV, o formato HD pegou carona em outras mídias como o blue ray, jogos e consoles de videogames, computadores, e até mesmo na internet rápida.

Então, independentemente de qual seja a finalidade do uso da sua TV, uma coisa é certa: se você não tem problema com dinheiro, procure comprar uma TV do tipo Full HDTV com conversor integrado (sim, porque existe muita TV que “engana” dizendo que é “preparada para HDTV” ou “HDTV ready”, e na hora que você quiser assistir uma programação em HD de verdade você não irá conseguir receber o sinal com qualidade total).

Por que eu mencionei “problema com dinheiro”? Porque enquanto uma TV de LCD de 42″ que não é Full HDTV com conversor integrado custa cerca de R$ 3900, um modelo completo custa cerca de R$ 6000.

É de se espantar, verdade. Porém é também verdade que o preço destes televisores tendem a cair, assim como já caiu muito o preço das TVs de LCD e plasma mais comuns até hoje em dia.

Um modelo que eu aproveito para destacar, e que não posso deixar de colocar na minha wishlist, é este modelo de 42″ da LG (42LB7DF):

Então, se você depois de acessar o nosso tutorial ainda tiver dúvidas sobre qual televisor comprar, procure aquele aparelho que melhor se adapta à sua realidade e à sua necessidade de hoje. Mas claro, não se esqueça que a tendência é ser HD.

E se você puder investir um pouco mais neste eletroeletrônico que é um bem muito durável, invista em um Full HDTV que você não irá se arrepender.