Lançado conversor HDTV a preço popular

16 07 2008

Clique para ampliar

A Proview anunciou hoje o lançamento do XPS-1000, um conversor para TV digital que contraria a tendência de preços do mercado: R$ 299. Conversores similares atualmente no mercado, de outros fabricantes, não custam menos de R$ 500.

Incorporando todas as conexões mais populares em equipamentos eletrônicos, como saída RF (conector de antena), vídeo composto, vídeo componente, saída HDMI com resolução de 1080i, sistema de áudio com saída óptica e coaxial em 5.1 canais, o XPS-1000 serve para todos os tipos de TV, do tubo ao plasma.

Um destaque legal do aparelho é a presença de uma porta USB, e de uma conexão de rede do padrão Ethernet. Assim, o XPS-1000 pode reproduzir na TV músicas e vídeos em formatos como MP3 e MP4, armazenados em pendrives.

Conectando um mouse e teclado USB no aparelho, através de um mini-navegador embutido em seu firmware, é possível navegar na internet dispensando o uso do computador desde que haja uma conexão banda-larga disponível via Ethernet.

O produto deve chegar às lojas em até 30 dias, e acompanha controle remoto e mini-antena para melhorar a recepção do sinal. A Proview também pretende lançar em breve um aparelho sem o recurso de navegação na internet pelo preço estimado de R$ 249, bem como um modelo básico a R$ 199.

Agora não tem mais desculpa para não ter TV digital de verdade na sua TV.

Anúncios




Projeto de rede Wi-fi

20 06 2008

Recentemente eu tive que arquitentar uma rede de computadores, cuja função era unificar os equipamentos de dois estabelecimentos comerciais na mesma avenida, um de frente para o outro em lados opostos (literalmente!).

Visão macro da rede 

Trata-se de duas lojas de roupas, sendo uma de roupa infantil (Sivesti Moda Jovem) e uma de roupa para adultos masculino e feminio (Vitrine Multimarcas). O proprietário deseja automatizar as duas lojas, utilizando assim um mesmo sistema de automação e um estoque unificado.

A principal dúvida surgida nem foi quanto aos computadores e equipamentos em si, mas justamente quanto à topologia e quanto à tecnologia que seria empregada: wired ou wireless ?

As redes corporativas que conhecemos até então são redes wired, ou seja, são redes que interligam os computadores através de cabos de rede. Mas a tendência hoje em dia é ser wireless, ou seja, redes sem fio.

Mas o maior problema das redes wireless é a instabilidade do sinal na maioria dos casos, causando perda de qualidade e as vezes queda da velocidade de conexão. Equipamentos ainda a preços altos e questões de  vulnerabilidade e segurança também atrapalham um pouco a escolha desta modalidade.

O que não há o que discutir é a sua praticidade de instalação, operação, e principalmente, mobilidade. E como para o caso deste projeto, onde o proprietário deseja não fazer quebra-quebra, passar fios (fixando assim os locais dos computadores), e principalmente interligar as duas lojas, optamos por um projeto 100% wireless mesmo.

Então neste diagrama abaixo há uma breve descrição do ambiente que existe entre as duas lojas.

Por enquanto, o que foi feito foi apenas um esboço. O próximo passo será definir a marca dos equipamentos de rede que será utilizado.

A busca será concentrada em equipamentos com um bom custo-benefício, mas também uma marca confiável e de boa qualidade. Afinal, perder sinal em ambiente corporativo é uma situação comprometedora. O sistema que rodará nas duas lojas em momento nenhum poderá sair do ar.

Veja abaixo a topologia que foi desenhada, afim de interligar as duas lojas. Clique na imagem para vê-la ampliada.

Com a tecnologia que existe hoje e com a certeza de que existem bons equipamentos disponíveis, temos certeza de que esta será um modelo de rede bem dimensionada e estável depois de funcionando. O resto, nada que um software bem configurado e seguro não resolva!

Fiquem à vontade para tecer comentários, críticas e sugestões.





Embratel terá WiMAX residencial em 2008

17 06 2008

SÃO PAULO – A Embratel terá a tecnologia WiMAX em residências brasileiras no início do ano que vem.

A notícia foi dada por Maurício Vergani, diretor-executivo da Embratel Empresas, durante o seminário Internet Móvel Mobilidade ao Alcance do seu Negócio, que ocorre nesta segunda-feira (16), promovido pela INFO.

A operadora já oferece a conexão WiMAX para pequenas e médias empresas no Brasil e seguirá a estratégia da Telmex – controladora da Embratel – que provê acesso a banda larga sem fio em residências no México.

Sem dar mais detalhes de como serão os planos, a operadora irá focar a sua oferta onde a internet a cabo não chega ou em locais que com condições desfavoráveis para a infra-estrutura de cabos – como ocorre em prédios muito antigos.

O anúncio casa com a intenção da Intel de trazer os primeiros notebooks para o Brasil com o WiMAX integrado à plataforma Montevina no início de 2009. No entanto, tanto a Embratel como a Intel terão de esperar o leilão das freqüências do WiMAX por parte da Anatel para oferecer o acesso totalmente móvel. Atualmente, a conexão só pode ser feita entra a antena e um ponto fixo (CPE), como se fosse um Wi-Fi de longo alcance.

Fonte: INFO Online





Apple Airport Express: solução genial

25 04 2008

Um aparelhinho eletrônico que se chama Airport Express, do tamanho de um maço de cigarros, pequeno e sem fio, é no mínimo curioso não é? Ainda mais quando nota-se seu fabricante, a Apple: referência mundial de inovação em usabilidade e design.

Antes de qualquer coisa ele pode ser considerado um roteador wireless. No entanto, ele é muito mais do que isso.

O Airport Express é um roteador que pode criar uma rede wireless, ou fazer parte da sua rede wireless já existente. Funciona tanto para Mac quanto para Windows. Portátil e compacto, dá para levar para qualquer lugar.

Na sua rede wireless ele tem a função de streaming de audio. Ele tem uma saída de audio que, quando conectada no home theater, permite que você transmita música através do iTunes de onde você estiver na sua casa. Se você tem um laptop e está na cama, por exemplo, pode controlar suas músicas.

No iTunes, basta escolher a saída do som. Você pode escolher entre sair som no seu computador, ou sair no AirPort Express. Automaticamente o iTunes encontra o Airport Express na rede.

Além disso, ele tem uma porta USB para conectar impressora e compartilhá-la na rede e torná-la acessível por todos os computadores na rede.

Se você usa o Airport Express conectado na rede wireless de um Airport Extreme (roteador wireless da Apple) através do modo WDS, o Airport Express vira um extensor da rede wireless. Além disso você pode usar a porta de conexão ethernet dele para conectar seu pc na rede, ou então para conectar o modem ADSL diretamente no aparelhinho.

O Airport Express custa nos U$ 99. A Apple atualizou a versão do Airport Express recentemente para uma conexão mais rápida de rede 802.11n.